Saaetri | Notícias | De olho no futuro, Saaetri comemora 54 anos

Notícias

De olho no futuro, Saaetri comemora 54 anos

portfolio7

No dia 26 de junho de 1967 era fundado o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Três Rios, o Saaetri, regulamentado pela lei nº 693/1967, para atender aos serviços públicos de água potável e esgotamento sanitário. O Saaetri já nasceu com alma visionária. Seu idealizador, o então prefeito Alberto da Silva Lavinas, chegou a afirmar que a autarquia levaria “água tratada em abundância até os anos 2000”; água esta que já foi eleita pelo povo como o melhor da região.

De lá para cá, o cenário da cidade passou por mudanças relevantes. Três Rios cresceu, se desenvolveu economicamente e a população saltou de 55.871 habitantes, conforme dados do Censo de 1970, para um contingente populacional estimado em 82.142 pessoas em 2020, segundo o IBGE.

De olho no futuro e sem perder sua essência, o Saaetri chega aos 54 anos com mais de 20 motivos para celebrar. Para combater os déficits no abastecimento de água no próximo verão, a autarquia está produzindo 22 projetos de curto prazo, que abrangem as localidades mais prejudicadas com a falta d'água. Os destaques vão para Moura Brasil, Bemposta, Jaqueira, Barros Franco e Cidade Nova.

A Estação de Tratamento de Água (ETA) de Moura Brasil vai receber quatro novos reservatórios, aumentar a reserva da cisterna para um total de 80.000 litros. Um novo conjunto motobomba será adquirido, para otimizar o bombeamento de água da cisterna aos reservatórios. O sistema de captação também receberá melhorias, com a instalação de uma balsa flutuante e de novas bombas. Além disso, um novo filtro de areia em polietileno será implantado na ETA, juntamente com uma aquisição de material filtrante, que vai atender ao filtro novo e ao já existente na unidade.

Os sistemas de tratamento e abastecimento do distrito de Bemposta também estão sendo assistidos pelo Saaetri. Para diminuir a concentração de ferro na água, melhorar a qualidade do recurso e seu aspecto visual, um filtro pressurizado de 30.000 litros foi implantado na Estação. Será utilizado como meio filtrante ou elemento zeólita, que atua como encapsulador e biogestor do ferro. A manutenção e a desinfecção do poço artesiano estão incluídas no projeto, bem como a instalação de um novo conjunto motobomba. A fim de aumentar a reserva de distribuição, serão implantados três reservatórios, totalizando em 120.000 litros a capacidade de armazenamento. O bombeamento de água dos reservatórios até a ETA será automatizado.

O bairro da Jaqueira está sendo contemplado com 800 metros de rede adutora, interligada ao reservatório Santa Cecília. Dessa forma, os moradores poderão contar com água em abundância 24 horas por dia. A obra influencia, ainda, na melhoria do abastecimento na Rua K, na Morada do Sol, bem como em 50% da população da Rua Direita. Por fim, o redirecionamento de 400.000 litros de água do reservatório Santa Cecília irá impactar no fornecimento das ruas Antônio Santiago, João de Souza e Santos Dummont, no Barros Franco, além do Morro dos Caetanos. O trabalho equaliza o sistema de distribuição e supre as necessidades de consumo dessas localidades.

A Cidade Nova, que há anos sofre com a falta d’água, está recebendo um novo sistema de abastecimento. Na Rua Renato Cardoso de Miranda, foram implantados 600 metros de rede de distribuição. Numa segunda etapa, o bairro vai receber um painel de comando, novo conjunto motobomba automatizado e um reservatório de 30.000 litros.

“É com muita alegria e satisfação que comemoro os 54 anos do Saaetri à frente da autarquia. Nossa equipe atua com base na linha de governo do prefeito Joa, que é prestar um serviço humanizado. Hoje, ao olharmos para frente, vemos um Saaetri mais dinâmico, técnico e inovador, porém sem perder o lado social. Além dos projetos de curto prazo, já em andamento, estamos executando outros de médio e longo prazos. Todos com o objetivo de melhorar a qualidade da água, o sistema de abastecimento e a imagem do Saaetri perante à população”, afirmou o diretor Jean Silveira.

Vale destacar que o Saaetri otimizou a forma na parte alta do Monte Castelo com uma nova rede, que liga endereços como Travessa Monte Castelo, Travessa João Simplício e Rua Francisco Lopes ao reservatório São Manoel. Já no Morro do Ataulfo, 300 metros de rede foram implantados, sanando a falta d´água no local. A autarquia ainda está atuando na interligação de uma nova rede adutora de 200 milímetros no bairro Nova Niterói (margem direita) à ETA Cantagalo, para levar mais água aos moradores.