Notícia

Programa Água pra Gente já impactou mais de 20 mil pessoas

portfolio7

O Saaetri vem, desde os primeiros meses da atual gestão, desenvolvendo projetos que têm o objetivo de otimizar e equalizar o sistema de abastecimento de água dos pontos mais críticos da cidade. Os trabalhos deram origem a um programa denominado Água pra Gente, que, ao todo, já impactou na qualidade de vida de mais de 20 mil trirrienses.

Iniciado no bairro Monte Castelo, o programa sanou a falta d´água das partes mais altas, como Travessa Monte Castelo, Travessa João Simplício e Rua Francisco Lopes, após ser feita a interligação da rede de distribuição ao reservatório São Manoel. 

Na Rua João de Souza - no Barros Franco - e no Morro do Ataulfo, intervenções na rede também possibilitaram que os moradores passassem a ter água em casa 24 horas por dia. “Eu vivia de caminhão pipa. Quando a água caía, era madrugada e a caixa não ficava cheia. Agora está uma maravilha. Posso abrir a borracha que tenho água 24 horas”, relatou Michele da Silva Pereira, moradora da Rua João de Souza há mais de 20 anos.

O Água pra Gente foi motivo de festa para a comunidade da Jaqueira. A população recebeu o novo sistema de abastecimento com um café da manhã oferecido pela Associação de Moradores como forma de agradecimento. “Um dos maiores problemas que tínhamos no bairro era a falta de água. Posso dizer isso com propriedade, pois sou morador da parte alta da Jaqueira e, hoje, conseguimos resolver”, disse Luciano Galvão.

O projeto executado na Jaqueira contou a instalação de 1.200 metros de rede distribuição, interligados ao reservatório Santa Cecília. Com isso, a vazão mais que dobrou, passando para 400.000 litros de água por dia e beneficiando mais de 2.000 pessoas.

Na Margem Direita e no Habitat, o Água pra Gente fez com que cerca de 10.000 moradores pudessem ter água nas torneiras durante todo o dia. A execução de duas novas adutoras possibilitou que a água chegasse a localidades que antes eram atendidas somente com caminhão pipa, como as ruas Francelino Ribeiro, Diacuí, Pedro Braz da Silva e Travessa Arariboia – na Margem Direita –, além das ruas N, M e O, no Habitat.

“A água não chegava aqui. O fornecimento era péssimo e pouco se dava atenção. Agora está caindo água direto, numa pressão formidável, que atende a todos. Da forma como está, podemos afirmar que nossos problemas com água acabaram”, comentou Paulo Barros, morador da Rua Pedro Paulo de Oliveira França.

Já no Morro do CTB, o Programa Água pra Gente interviu no sistema com a conexão de um conjunto de tubulações ao reservatório metálico do local e com a instalação de 150 metros de rede na Rua Benjamin Constant. O serviço tem por finalidade equalizar o volume de água distribuído para o CTB, Rua Benjamin Constant, partes mais altas do Cantagalo e Jardim Primavera, bem como otimizam o fornecimento da Travessa Pedro de Souza e das ruas Vicente Amaral, Honorato Oliveira e Messias Santos.

“Nossa gestão é pautada em levar dignidade e qualidade de vida para a população. Assumimos este compromisso com o prefeito Joa e estamos levando aos pontos mais prejudicados pelo abastecimento de água um programa inovador, visando suprir as demandas de consumo já neste verão”, afirmou o diretor do Saaetri Jean Silveira.

O Água pra Gente também está chegando à Cidade Nova. Na Rua Renato Cardoso de Miranda, o Saaetri está construindo um reservatório com capacidade para 30.000 litros, como parte de um novo sistema de abastecimento para o bairro. Além disso, 600 metros de rede de distribuição já foram instalados na localidade, que contará, ainda, com novos sistemas de bombeamento.

Para o prefeito Joa, o sucesso do projeto é fruto de muito trabalho e de uma equipe de governo competente. “Tive o cuidado de compor nosso secretariado com um corpo técnico para atuar em cada área. No Saaetri não foi diferente. Além de servidores comprometidos, contamos com uma liderança que tem total autoridade no tange ao saneamento básico”, finalizou.